Bahia e Mato Grosso são beneficiados com projeto socioeducativo idealizado pela jogadora de vôlei Ana Moser e patrocinado pela Monsanto

13/05/2013

Professores da rede pública de ensino de Camaçari e de Dias d’Ávila, na Bahia, e de Tangará da Serra, no Mato Grosso, receberão formação continuada para desenvolver atividades esportivas nas escolas, com foco educacional

Começa nesta terça-feira, 14 de maio, o projeto Formação continuada de professores da rede pública de ensino, em Camaçari e Dias d’Ávila, municípios localizados na região metropolitana de Salvador, na Bahia. Aprovado pela Lei Federal de Incentivo ao Esporte e desenvolvido pelo Instituto Esporte & Educação (IEE), OSCIP presidida pela campeã olímpica de vôlei Ana Moser, o projeto tem como objetivo contribuir para formação teórica e prática em esporte educacional, por meio de instrumentos pedagógicos e de gestão. No dia 21 de maio será a vez de Tangará da Serra, no Mato Grosso, dar início ao projeto. A iniciativa conta com o patrocínio da Monsanto do Brasil, empresa pioneira no desenvolvimento de tecnologias limpas e inovadoras para a agricultura, e apoio das secretarias de educação.

Nos dois estados, serão realizados cinco encontros durante o ano, com professores de Educação Física e Ensino Fundamental, nos quais educadores do IEE trabalharão conteúdos sobre o esporte como ferramenta educacional. Os professores também receberão material didático para auxiliá-los no planejamento das aulas e terão acompanhamento virtual à distância dos profissionais do IEE ao longo da formação. Na Bahia serão beneficiados diretamente 100 professores e no Mato Grosso, serão 60. “Acreditamos que a formação continuada é fundamental para qualificar a prática pedagógica e contribuir com a reflexão crítica e contínua dos professores. O esporte educacional estimula habilidades e competências para além do aprendizado das técnicas e gestos motores, visando ao desenvolvimento integral do indivíduo, relacionado à saúde, cidadania, cultura, comunidade e protagonismo juvenil, contribuindo assim para a inserção social de crianças e adolescentes”, explica Cibelle Borges, subcoordenadora pedagógica do IEE.

Criado pela jogadora de vôlei Ana Moser, o Instituto Esporte & Educação atua há 12 anos na disseminação do esporte educacional, especialmente em comunidades que apresentem baixo nível socioeconômico e alto índice de vulnerabilidade social, por meio de projetos de atendimento direto a crianças e adolescentes em atividades esportivas e de formação de educadores. Entre as ações, está o projeto denominado Formação continuada dos professores da rede pública, lançado este ano com o objetivo de contribuir para a formação de 800 professores, gestores públicos, lideranças comunitárias e de organizações sociais, em seis polos distribuídos nos estados de São Paulo, Bahia, Pernambuco, Minas Gerais e Mato Grosso.

“O IEE desenvolve projetos em diferentes formatos com o objetivo de adequar a capacitação dos professores à rotina das escolas e secretarias de educação. De uma maneira geral, a educação tem dificuldade em apoiar a área de educação física e esporte na escola integral, seja por falta de metodologia ou de uma visão mais completa do impacto dessas práticas junto aos alunos e às escolas. O IEE trabalha com as questões teóricas, práticas, de planejamento e avaliação, além de realizar eventos de esporte educacional para envolver escolas e comunidades. Como resultado, esperamos a ampliação e a qualificação das práticas esportivas nas escolas, envolvendo toda a rede de educação”, afirma Ana Moser.

A coordenadora de Sustentabilidade da Monsanto, Isabela De Marchi, explica que a empresa realiza diversas ações socioambientais que fazem parte da responsabilidade social corporativa. “Para os investimentos sociais privados, viabilizados por isenção fiscal, selecionamos projetos de instituições de reconhecida qualidade e efetividade das iniciativas. Além disso, procuramos levar as ações a regiões que necessitam delas e onde a empresa atua”, afirma.

Sobre o Instituto Educação & Esporte

O Instituto Esporte & Educação (IEE) foi criado em março de 2001 para atuar no atendimento direto a crianças e adolescentes em atividades esportivas e socioeducativas, e também na formação de professores e estagiários por meio do desenvolvimento de uma metodologia de esporte educacional. Entre seus trabalhos está a implementação e coordenação de núcleos de esporte educacional em comunidades que apresentam baixo nível socioeconômico e alto índice de vulnerabilidade e falta de estrutura, contatando para isso com parcerias de escolas, associações comunitárias, prefeituras, instituições privadas, entre outros.

O IEE também realiza a Caravana do Esporte, numa aliança com a ESPN/Brasil e o Unicef, que tem o objetivo de disseminar um esporte possível e necessário ao desenvolvimento de municípios isolados do semiárido, região amazônica, comunidades indígenas e quilombolas. Todas as suas ações convergem para a estruturação de conceitos e práticas metodológicas que fundamentam um esporte que é para todos e base para políticas públicas que visam a garantir os direitos constitucionais à educação, ao esporte e ao lazer.