Agricultura Moderna é a novidade apresentada pela Monsanto na Expodireto Cotrijal 2017

Press Release 06/03/2017

Monsanto divulga em Não-Me-Toque o número de produtores gaúchos que optaram pelo uso das sementes de soja com tecnologia Intacta RR2 PRO®; apresenta novo canal de comunicação e aproxima a empresa do produtor em um espaço interativo com novas ferramentas de comunicação.

NÃO-ME-TOQUE (RS), 6 DE MARÇO DE 2017 – Cerca de 50 mil produtores gaúchos escolheram plantar soja coma tecnologia Intacta RR2 PRO® da Monsanto no ciclo 2016/2017. Ao todo, em 4 safras, aproximadamente 165 mil produtores brasileiros experimentaram e aprovaram os benefícios oferecidos pela tecnologia às lavouras de soja. Entre os dias 6 e 10 de março a empresa mostrará em Não-Me-Toque o seu novo canal de comunicação com o produtor.  Além disso, a Monsanto apresenta o conceito de agricultura digital da Climate Corporation que será o destaque da empresa na feira. A empresa uniu em um mesmo espaço um conjunto de soluções que, juntas, podem gerar um melhor rendimento às lavouras.

A Monsanto agrupa em seu estande trabalhos com inovação em diferentes áreas, tais como: melhoramento genético; biotecnologia; práticas agronômicas e análise de dados fornecendo insumos mais completos para uma tomada de decisão mais eficiente pelo produtor. O destaque no evento será a plataforma de agricultura digital Climate FieldView®, da Climate Corporation, que se encontra em fase de pré-lançamento no Brasil.

A plataforma Climate FieldView® é composta por um dispositivo de leitura de dados, disponível na web e em aplicativo mobile, que processam automaticamente as informações das máquinas agrícolas em mapas e relatórios. Essas informações são transferidas para a nuvem por meio de banda larga e podem ser acessadas de qualquer lugar. “Como apenas 10% das lavouras brasileiras tem 3G ou Wi-Fi no campo, capacitamos a plataforma para também armazenar dados mesmo sem sinal de internet”, afirma Mateus Barros, líder comercial para a Climate na América do Sul.

Muitos produtores têm investido em tecnologias que melhoram o rendimento das lavouras e ainda em ferramentas que facilitam a administração dos insumos nas fazendas gerando economia aos processos. “Quando opta por plantar soja, por exemplo, o produtor precisa tomar entre decisões diversas, que vão desde a escolha do tipo de semente, a forma de adubação, o uso de defensivos até a época de colheita, a escolha de equipamentos, o armazenamento, transporte e comercialização, dentre outras”, observa Mateus Barros.

“O uso da tecnologia da informação auxilia a análise em profundidade de cada talhão, para entender quais são os fatores impactando a produtividade em cada área específica. Isso vai ajudar o produtor a direcionar seus investimentos e assim maximizar sua rentabilidade”, explica o líder comercial para a Climate na América do Sul. A tecnologia permitirá ao produtor gerenciar diariamente suas operações, além de integrar informações de plantio, colheita, pulverização de insumos, fertilidade do solo e obter e gerenciar informações de sua lavoura por meio da geração automática de mapas e relatórios de plantio e colheita e marcações georreferenciadas de monitoramento.

“Além do Climate FieldView®, a Monsanto reforçará a importância da identificação correta das principais pragas que causam danos às lavouras de milho e soja, indicando as melhores estratégias de manejo e como estas, em sinergia com as tecnologias, podem contribuir para melhores resultados produtivos no campo”, afirmou Ana Maranhão, Gerente de Proteção Biotecnologias.

Neste contexto ainda, a empresa leva informações sobre o Sistema Roundup Ready Plus com orientações sobre recomendações para manejo de plantas daninhas e pragas, embasadas pelas Boas Práticas Agronômicas e conceitos do MIP (Manejo Integrado de Pragas). Além disso, serão esclarecidas dúvidas quanto a prática de refúgio estruturado e sobre como a correta adoção e manejo destas áreas podem preservar os benefícios e facilidades trazidos pelas biotecnologias Bt.

“Para aproveitar ao máximo o potencial oferecido pelas tecnologias, como a soja INTACTA RR2 PRO®, milho VT PRO3® e pelo Sistema Roundup Ready Plus às lavouras, o produtor deve estar atento às Boas Práticas Agrícolas”, alerta Patrick Dourado, gerente de Regulamentação da Monsanto. De acordo com Patrick, a preservação e a sustentabilidade das tecnologias dependem da adoção das recomendações de Manejo de Resistência de Insetos (MRI), que incluem dentre outras, a adoção das áreas de refúgio estruturado, garantindo a longevidade das tecnologias e proteção da lavoura contra insetos praga. “As Boas Práticas Agrícolas abrangem ainda a dessecação antecipada, o monitoramento de pragas na área, rotação de culturas e caso necessário, a associação com outras táticas de controle”, complementa Patrick.

“Desde o lançamento das tecnologias Bt no país, a empresa tem estimulado a adoção do refúgio estruturado para a manutenção dos diferenciais de suas tecnologias. Desde então, tem oferecido aos produtores alternativas, serviços e informações para facilitar a implementação do refúgio nas lavouras brasileiras para que essa importante prática seja adotada”, ressaltou Ana Maranhão, Gerente de Proteção Biotecnologias.

“A REFÚGIO MAX, primeira marca de sementes para o refúgio do milho lançada há um ano, por exemplo, reforça a importância que a Monsanto dá em preservar as facilidades e os benefícios conquistados pela agricultura brasileira, acrescentou Ana. A marca oferece sementes de milho não-Bt de alto potencial produtivo e com grande amplitude de plantio.

SOJA INTACTA RR2 PRO ®

A tecnologia INTACTA RR2 PRO - a única que oferece três benefícios diretos ao sojicultor -  lança na Expodireto Cotrijal o seu novo portal de atendimento ao cliente, por meio de um site na internet: O DISQUE INTACTA. “Este será um canal exclusivo de acesso direto dos clientes à Monsanto, os agricultores terão login, senha e contarão com um atendimento personalizado. Eles poderão acompanhar todas as requisições abertas por eles, como por exemplo, o armazenamento de grãos na propriedade e volume de isenção adicional. O novo site será o www.http://disqueintacta.com.br”, explica Adriana Rizzo Bernardet, líder da área de Experiência de Clientes de Soja da Monsanto. “Queremos oferecer ao sojicultor uma nova experiência, um atendimento diferenciado, facilitando sua vida e garantindo que ele consiga ter visibilidade de tudo o que precisar em um mesmo lugar”, concluiu Adriana. Este novo portal já está disponível ao produtor.

Depois de quatro safras a tecnologia consolidou-se no mercado e foi adotada por mais de 165 mil produtores. A tecnologia INTACTA RR2 PRO® é aliada do produtor na proteção contra as principais lagartas que atacam a cultura da soja no Brasil – lagarta da soja, lagarta falsa medideira, lagarta da maçã, broca das axilas, também conhecida como broca dos ponteiros, lagartas do gênero Helicoverpa (como a Helicoverpa armigera) e lagarta elasmo. “Embora comente-se muito a respeito do êxito de INTACTA RR2 PRO® em períodos de forte pressão da falsa medideira e Helicoverpa, devemos destacar o desempenho da tecnologia também contra a lagarta elasmo”, lembra Patrick Dourado. Esta praga pode causar danos e reduzir drasticamente o estande da lavoura durante os primeiros dias de desenvolvimento e estabelecimento da cultura da soja, especialmente durante períodos de estiagem. A tecnologia INTACTA RR2 PRO® tem demonstrado proteção contra os danos de lagarta elasmo durante as quatro safras em que esteve presente nas lavouras brasileiras”, concluiu o gerente de Regulamentação.

MONSOY

A Monsoy é marca de sementes de soja da Monsanto referência em germoplasma, com variedades que apresentam excelente adaptabilidade e produtividade para cada região brasileira. Durante a Expodireto Cotrijal, a marca lança a variedade M5838IPRO, mais resistente ao acamamento, que oferece excelente arquitetura de planta e maior facilidade de manejo fitossanitário.

AGROESTE

A Agroeste completa 45 anos em 2017 e lança em Não-Me-Toque o híbrido A1757 PRO3 que apresenta boa tolerância mancha branca e cercospora. A marca se consolidou no mercado por oferecer um amplo portfólio com sementes para os principais sistemas de produção do Brasil. Também para o milho, a Agroeste apresenta em Não-Me-Toque os híbridos AS1666 PRO3 com alto potencial de resposta aos manejos agronômicos e o AS1677 PRO3 hiperprecoce para alta performance na abertura de plantio. Para a cultura da soja a Agroeste leva as variedades AS3590 IPRO, AS3570 IPRO.

MILHO VT PRO3

Monsanto chega à Expodireto Cotrijal por meio das marcas de sementes milho da Monsanto que disponibilizam ao produtor diferentes híbridos com alto potencial produtivo associados ao principal diferencial da tecnologia VT PRO 3: proteção das raízes da planta do milho. No estande da empresa, os visitantes poderão visualizar os diferenciais oferecidos pela tecnologia às plantas de milho. “Em nossa trincheira, o visitante poderá comparar a raiz de uma planta sem a tecnologia e com a tecnologia”, observou Bernardo Coelho, líder da área de Experiência com Clientes da Monsanto. A tecnologia tem duas proteínas Bts contra pragas da parte aérea e uma específica contra a larva alfinete (Diabrotica spp.), praga que fica escondida no solo e se alimenta das raízes do milho, diminuindo a capacidade de absorção de água e nutrientes e reduzindo o potencial produtivo da lavoura. Atua também contra as pragas áreas que atacam as folhas, colmo e espiga do milho – lagartas do cartucho, da espiga, elasmo e broca do colmo.

DEKALB

A DEKALB, marca referência em inovação, mostra na Expodireto o desempenho produtivo dos principais híbridos que se destacam no Rio Grande do Sul: DKB 230 PRO3, hiperprecoce para alta performance na região; DKB 240 PRO3 super precoce que oferece estabilidade e o DKB 290 PRO3 precoce de alto teto produtivo. “O plantio de três híbridos de diferentes ciclos favorece o manejo e diminui os riscos em períodos de estresse hídrico, explica Guilherme Lobato, gerente comercial da marca. “Os produtores estão conseguindo bons resultados de produtividade ao adotarem o multiplantio Dekalb”, completa Lobato.

SEMENTES AGROCERES

Com mais de 70 anos de história, a Sementes Agroceres oferece híbridos de milho e sorgo, aliando tecnologia às diferentes necessidades dos agricultores. Durante a feira, a marca estará presente com seus híbridos que se destacam por sua produtividade, qualidade de grãos e que melhor se adaptaram à região, são eles: AG8780 PRO3 recomendado para a abertura do plantio da safrinha, período que possibilita explorar todo o potencial do híbrido proporcionando uma maior produtividade e retorno do investimento; AG9025 PRO3 de ciclo superprecoce que permite o escalonamento da colheita, além de reduzir os riscos contra veranicos e o AG8690 PRO3 direcionado ao cultivo de milho para silagem.

SOLUÇÕES PARA SEMENTES MONSANTO

A Monsanto apresentará em seu estande durante a Expodireto Cotrijal suas soluções para o tratamento de sementes. A Monsanto, em aliança com a Novozymes na área dos microrganismos, busca acelerar as pesquisas de campo para oferecer ao produtor novas tecnologias que promovam a produtividade nos mais diversos cultivos. São soluções de Biofertilidade para o pequeno, médio e grande produtor.